Não tá morto quem peleia, tchê

Pois peleando estou com as gôndolas do supermercado (cadê granulado pra brigadeiro? qual será a melhor azeitona? levo ou não levo os pimientos de piquillo?), com o fogão de duas bocas vitrocerâmico (para fazer um almoço para seis), com o forno preguiçoso (não terminou de cozinhar as cebolas nem as batatas do bacalhau, que se escondeu todo no fundo, de vergonha, por supuesto!), com um coentro maldito que se disfarçou de salsinha, todo pimpão no vaso de plástico marrom, com a geladeira de brinquedo, do tamanho dum frigobar que, feito leão de chácara, barra na porta uma pá de coisa porque a festa já está lotada lá dentro…

Peleia boa, essa de descobrir novas possibilidades, de desafiar os neurônios dadivosos – que vinham em estado de hibernação, diga-se – de transformar uma ida ao mercadinho de conveniência em exploração antropo-científico-culinário-social, de precisar planejar muitíssimo cada compra para não desperdiçar, de me apaixonar pelos iogurtes, natillas, arroces con leche e cremas catalanas em potinhos de vidro e de cerâmica, de ter menos que o mínimo de utensílios na cozinha e,  ainda assim, preferir estar nela ao sair para comer, nem que seja para preparar um singelo sanduíche de pão integral com queijo de cabra e ‘pechuga de pavo’ tostadinho na frigideira, que não tem erro, acompanhado de uma saladinha e uma cerveja sem álcool (não riam, chama Laiker e acho uma delícia).

Isso tudo significa que está funcionando meu intento de garantir pelo menos uma nova coisa boa por dia para confortar o coração. E que da maior peleia de todas, contra a saudade que é tanta, saio chamuscadinha e escoriada, mas continuo viva e forte!



17 comentários em “Não tá morto quem peleia, tchê

    1. Dadivosa

      Oi, Fátima
      Não é fácil não, mas sou tinhosa e, se estou aqui, vou tirar o melhor proveito de tudo 🙂

      Faz um tempão que não como um clafoutis, deu até vontade!
      Beijos ;***

      Responder
  1. Bárbara Caroline

    Seu texto é lindo!!! E embora em contextos um tanto diversos, me vi perfeitamente na mesma situação! Muito expressivo! Adorei!

    Responder
  2. Raquel_NY

    Dadivosa, sou nova nos comentarios mas adoro seu blog e ja testei (e aprovei) varias receitas. O sorvete da Vo Dinah virou sobremesa obrigatoria aqui em casa, se nao faco no final de semana o marido fica bravo! Estou torcendo por voce nessa nova fase na Espanha mas acho que nem precisa, voce parece estar se dando super bem com todas as novidades e tem a atitude certa, o que ja e meio caminho andado. De qualquer forma, saiba que tem muita gente do “outro lado” com os dedos cruzados por voce!
    Um abraco
    Raquel

    Responder
    1. Dadivosa

      Raquel, ¡bienvenida!
      Preciso muito fazer o sorvete da Vó Dinah por aqui também, assim que o tempo der uma esquentadinha e eu tiver comprado uma forma beeeem grande, porque ele rende que é uma beleza, né?
      Obrigada pela visita e pela torcida, que tudo de muito lindo aconteça para você também ;***

      Responder
  3. Marcia

    Pois sendo um dos 6 comensais posso dizer que o resultado desta pelea não poderia ser mais saborosa, humm… foi o melhor almoço da semana, confort food que aqueceu nossos corações para desbravar mais uma semana em novas terras.
    Obrigada pela Páscoa quentinha! 🙂

    Responder
  4. junelise

    Dadivosa,

    Que delícia de pesquisa é essa de ir ao supermercado, não?! Adoro prateleiras cheinhas de variedades e cores, gosto de mercados livres também. E este almoço deve ter saído uma maravilha com tanta peleja!
    um beiju carinhoso,
    Junelise
    Ah, que bom que você se identificou com meu cantinho mineiro de ser. Meu livro posso enviar pelos correios, mas, você está fora do Brasil. Amanhã vou aos correios me informar de um outra encomenda e te falo como é possível para você ter o seu!
    Outro beiju, junelise

    Responder
  5. Telma

    Oi Davidosa, gostei muito de conhecer o teu blog, gostei muito da receita de sorvete da Vó Dinah e concerteza vou fazer lá em casa, tenho a certeza de que todos vamos gostar e pedir mais, rsrs. Um óptimo dia para ti e sucessos aí em Espanha. Beijinhos

    Responder
    1. Dadivosa

      Telma, pois Portugal está na minha lista de lugares a visitar faz tempo, daqui será um pulinho, não vejo a hora de experimentar as delícias daí.
      Quando fizer o sorvete, me conte se ficou bom. E se tiver alguma dúvida é só passar por aqui ou mandar um e-mail.
      Beijos

      Responder
  6. joana pellerano

    para manter o espírito alegre: brie de um euro do lidl, guacamole com doritos sem tempero e chocolate com avelãs inteiras. saudades da espanha…

    Joana, deu uma vontade de comer guacamole nesse instante… e conta mais desse brie de um euro, que muito me interessa 🙂

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.




Arquivos

Post aleatório

Só ele se salvou

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail