Domingo é dia…

… de passear pela Liberdade em busca de sabores novos e conhecidos, embalados em fascínio e ideogramas.

Publicado por Dadivosa em


4 comentários em “Domingo é dia…

  1. Vicki

    A história que vou contar é tragicômica: da última vez que fui a Liberdade estava deprimida pelo término de um namoro… Ele morava em São Paulo, eu no Rio e quando ele terminou (por telefone) eu tomei a atitude drástica de pegar um avião, ir para a casa de uma amiga querida na Vila Madalena para pedir pela volta. Infelizmente ele não gostou da surpresa – acho que eu também não gostaria… – e eu acabei ficando mais uns dias por aí para desvinculá-lo da cidade. Mari (a amiga querida) disse para irmos a Liberdade gastar dinheiro em badulaques para eu me animar. Qual nada: eu chorava tanto no metrõ, na rua, em tudo quanto era canto que tropecei numa escadinha por lá, tombei e isso foi motivo para eu chorar mais ainda!

    Isso já tem mais de dois anos, fui a SP de novo depois disso, mas preciso ir a Liberdade com urgência para apagar essa lembrança! Agora eu conto rindo, mas na época foi pior do que uma novela mexicana!!

    Responder
  2. Natalia

    Dadi, se descobrir a loja que vende aqueles sabonetes de maracujá, me conta por favorrrrrrrrrrrr????ja fui umas 4 vezes e nao achei…abraço

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.




Arquivos

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail