Meu primeiro caderno de receitas


Eu devia ter uns oito ou nove anos. Lembro do dia em que recortei a foto do rótulo de creme de leite que a vó Nair usou pra fazer gelatina com pêssego e copiei a receita com a letra mais redonda que eu conseguia fazer.

Eu passava tardes inteiras copiando receitas daqueles livrinhos tipo “100 receitas de …” que o vô trazia pra ela toda vez que passava na banca da praça pra comprar suas histórias de faroeste.

Hoje tenho todos eles comigo: o “Receitas do Meu Lar”, o “Receitas Econômicas” e a série de “100 receitas” de salgadinhos, docinhos, arroz, massa, carnes, legumes…

Tenho ainda uns papeizinhos onde ela anotava a lápis a receita de alguma amiga (geralmente bolos e doces),  a brochura que veio com o super liquidificador Wallita, os folhetos da União, da Nestlé…

PS.: Esses livros, cadernos e papéis são o meu tesouro dadivoso 😉

Publicado por Dadivosa em


14 comentários em “Meu primeiro caderno de receitas

  1. Lara

    Olá, Dadivosa! Em primeiro lugar, obrigada pelos comentários deixados lá no meu blog. Adorei. Vou linkar vc lá no Depósito. E aí, vai pedir a cesta de orgânicos? Depois me conta se gostou.

    Achei muito legal seu blog e me diverti com o caderno de receitas. Também tinha essa coisa de passar as receitas a limpo, mas compartilho da sua opinião que era mais coisa de cdf do que prendada…

    Grande beijo!

    Responder
  2. Dadivosa

    Lara, obrigada pela visita 😉
    Falei com o homem dos orgânicos e ele foi muito simpático, mas não entrega na minha rua. Descobri um outro que também parece legal. A cesta chega amanhã (não vejo a hora!) e em seguida conto como foi.
    bjs

    Responder
  3. Renata

    minha avó fazia o mesmo que a mãe da carol e a gente tinha que treinar caligrafia passando as receitas a limpo!
    também aposto que esses da dona gabriela devem ser os mais caprichados do planeta 😀

    Responder
  4. Dadivosa

    ah, quem me dera que minha mãe e vó me tivessem feito passar as receitas a limpo em caderno de caligrafia… pelo menos minha letra seria menos garranchenta hahaha
    bjs

    Responder
  5. Maria Tereza

    Olá, Dadivosa, gostaria de lhe pedir um favor: você sabe me dizer se no livro Receitas do M eu Lar há uma receita de Bolachinhas de Nata? Eu tinha 16 anos quando conheci uma moça que ganhou um livro com este nome, e a bolachinha era deliciosa, mas eu nunca mais achei o livro com a receita. É uma receita em que vai sal amoníaco. Me ajude por favor!

    Responder
    1. Dadivosa

      Olá, Maria Tereza
      Com muito prazer. Tenho duas edições desse livro, que no momento estão em meu *outro* lar. Em abril, quando estiver com eles novamente, procuro a receita, combinado? Beijos

      Responder
  6. Maria Tereza

    Olá Dadivosa, td bem?
    Obrigada por ter respondido minha outra mensagem, fiquei muito feliz!
    Só estou escrevendo para lembrá-la daquele graande favor que lhe pedi. Já estamos em abril, já está em casa? Por favor, se puder veja pra mim se tem aquela receitinha das Bolachinhas de Nata, do livro Receitas do Meu Lar.
    Vou ficar aguardando ansiosamente!!
    Um beijo e obrigada!

    Responder
  7. Maria Tereza

    Oi Dadivosa, td bem?
    Continuo aguardando! Não esqueça de mim, tá? Por favor responda quando puder!
    Tchau e um beijo

    Responder
  8. Dadivosa

    Dizem que promessa é dívida, né?
    Maria Tereza, querida, olha só… virei e revirei as duas edições que tenho do Receitas do Meu Lar e nadica das bolachinhas.
    Entretanto, em outra preciosidade, “O Cardápio Nacional”, de C. M. de Melo Dias, 13a edição, página 161, encontrei essa (que nunca fiz):

    Biscoitos de Nata
    Misturam-se 2 xícaras de nata, 2 de polvilho fino, 1 de farinha de trigo, 2 ovos, 2 colheres de açúcar, 1 colherinha de sal, 1/2 de canela em pó. Amassa-se tudo bem; enrolam-se os biscoitos e vão ao forno quente para assar.”

    Era essa que você procurava?

    Responder
  9. Maria Tereza

    Não é essa não, mas fico muuuuito agradecida mesmo assim! A que eu procuro, não lembro das quantidades, mas acho que ia manteiga, ovos, 1 xícara de nata (isso eu me lembro). Não lembro se ia farinha ou amido… Outra coisa que eu lembro é que tinha sal amoníaco. Elas eram deliciosas! Derretiam na boca!
    Se você precisar de alguma receita (coisa que eu duvido), me fala que eu tenho uma coleção bem grande. Por toda a minha vida, tenho uma mania danada de pegar receitas de tudo que é lugar. Televisão, produtos, rádio, tudo!
    Vou continuar a minha procura. Talvez eu passe um e-mail pra Palmirinha, da Tv Gazeta. Quem sabe alguma das amiguinhas dela não tem o livro, né? Se eu conseguir, vou te passar a receita pra você ver como a bolacinha é gostosa!
    Muito obrigada pela atenção! Um beijo e Deus te abençoe!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.




Arquivos

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail