Bolo de Cenoura com Gengibre Superfácil

Bolo de Cenoura com Gengibre

Ao chegar da labuta, tive uma saudade de bolo de cenoura amareliiiiinho-amarelinho com cobertura de chocolate. Todo meu cansaço sumiu como que por encanto quando resolvi me divertir com essa receita simples e tão saborosa.

Ao longo do processo, no entanto, minha Dadivosa empolgou-se sobremaneira, modificando os ingredientes aqui e ali, até que a tradicional mistura de cenoura cozida, óleo, ovos, trigo, açúcar e fermento virou uma outra coisa bem diferente.

Diferente, sim, mas não menos interessante. Espia só:

Ingredientes:

  • 4 cenouras médias descascadas e picadas
  • 1/4 xícara de óleo (era uma xícara, mas como estava no fim completei com leite e ficou bom. Se preferir, use só o óleo e suprima o leite)
  • 3/4 xícara de leite
  • 4 ovos
  • 1/2 colher de sopa de gengibre fresco ralado (sem a casca)
  • 1 xícara de farinha integral
  • 2 xícaras de farinha de trigo (eram três na receita original, mas como quis dar um toque integral, usei só duas)
  • 2 xícaras de açúcar
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

Como Fazer:

  1. Ligue o forno para preaquecer.
  2. Leve as cenouras para cozinhar somente com água numa panelinha. Enquanto isso, prepare os outros ingredientes.
  3. Unte uma forma com margarina.
  4. Numa vasilha de bater bolinho, misture todos os ingredientes secos.
  5. No copo do liquidificador, quebre os ovos e despeje o leite, o óleo e o gengibre.
  6. Quando as cenouras estiverem cozidas, escorra-as e passe-as algumas vezes por água fria somente para arrefecer, pois a senhora e o senhor não querem transformar a mistura do bolo numa omelete, não é mesmo?
  7. A cenoura vai para dentro do copo do liquidificador também. Bata a mistura até que fique homogênea.
  8. Colher de pau em punho, vá despejando esse belíssimo líquido naquela vasilha de bater bolinho que já contém todos os secos. Eu faço assim: jogo um pouco do líquido no meio, mexo com a colher em movimentos circulares para incorporar um pouco das farinhas, jogo mais líquido, mexo um tanto mais e assim por diante até ficar lisinho.
  9. Despeje a massa na forma untada e leve ao forno médio. Estará pronto quando, ao enfiar um palito no centro da massa, ele saia limpo. Como minha forma não era tão grande, o excedente da massa foi parar em forminhas de empada. Atenção, pois esses mini-bolos assam bem mais rápido.
  10. Confesso que trepidei com relação à cobertura. Fazer ou não fazer? Para tirar a dúvida, comi um mini-bolo à guisa de teste-piloto. Concluí que não precisava de mais nada. Uma raspinha de laranja, se tivesse em casa, teria sido bem-vinda. Mas precisar, não precisava mesmo.

Da próxima vez, acrescentarei sumo de laranja à massa no lugar do leite e pretendo ousar um pouco mais, incluindo umas especiarias e trocando o açúcar por mel. Por hora, aplacou o desejo e a saudade, foi bem aceito na casa e minha Dadivosa está realizada com sua invencionice.

P.S.: Na foto ele parece meio esverdeado, mas é por conta do reflexo do prato e da pressa em registrar o momento antes que o bolinho se acabasse. Ao vivo ficou bem amarelinho-amarelinho 🙂



15 comentários em “Bolo de Cenoura com Gengibre Superfácil

  1. Gorete

    Putz! Não fosse pelo óleo e pelo açúcar, seria sob medida para minha dieta, pq amo bolo de cenoura. O gengibre deve dar um diferencial incrível. Só uma Dadivosa bem dadivosa para escolher, fazer e comer coisas assim por nós. Vc se delicia, mas tb fica com as calorias. hehe

    Responder
  2. valentina

    Ai Dadi, voce é uma figura. Que delícia esta receita.Achei interessante a cenoura ser cozida. Por aquei o bolo de cenoura é um dos meus favoritos – cheio de especiarias. Um dia destes vou testar o teu. bjs e boa semana

    Responder
  3. veiadateia

    ô coisa boa qui é entra nessa cozinha, senti até o cheiro do gengibre ralado, vou logo fazer esse bolinho hoje mesmo, meu véio danado, caio da motocicleta, e tá lá com vários pontos e o corpo a fazer uma força enorme pra tudo se recompor, mas eu que ainda num tô caduca, vou logo acaracia-lo com esse bolo delícia…

    Responder
  4. Dadivosa

    Bia, ficou fofinho mesmo. Assim que fizer com laranja, conto tudo para vocês.

    Gorete, você é uma pândega! Acredito piamente que comer com prazer (desde que sem exageros pantagruélicos) não adiciona centímetros à cinturinha. Mas se você não quiser arriscar, pode substituir o leite por suco de laranja e o açúcar por adoçante culinário. Existe uma marca que pode ser usada na mesma quantidade que o açúcar da receita, sem necessidade de adaptação.

    Valentina e Patrícia, eu sempre fiz com cenoura cozida achando que era a receita original! Só hoje,com os comentários de vocês, foi que soube que não era algo assim tão universal.

    Márcia, o melhor é o carinho de vocês ;***

    Veianova, coitado do seu véio! Espero que ele fique bom logo (esse bolinho e seu carinho ajudarão, certamente). Tive o mesmo infortúnio uns meses atrás, não foi nada grave felizmente, mas passei meses com as costelinhas doloridas.

    Lara, experimente a terapia de bater um bolinho, querida. É tiro e queda no estresse do diário!
    ;***

    Responder
  5. rogerio magrão

    Oi!
    Que legal descobrir teu talento como dadivosa! Eu me arrisco pouco na cozinha, mas concordo que libera o stress do “mundo corporativo” (argh!).

    Dauro que me deu o toque do blog. Um abraço e tudo de bom pra ti onde estiveres…

    R. Magrão

    Responder
  6. renata lampião

    Nossa, fico me perguntando se você existe mesmo ou seria pura imaginação. Cê cozinha muito,muito bem.Ainda estou para experimentar gengibre nos pratos. Só uso para fazer xarope ou chás da madrugada.

    Responder
  7. Neile

    Dadi, Minha Querida Musa Inspiradora,

    Estou viajando a trabalho e longe de minha amada cozinha…e infelizmente não poderei experimentar i-m-e-d-i-a-t-a-m-e-n-t-e esta receita que parece maravilhosa, porque eu AMO bolo de cenoura e nunca fiz com cenoura cozida, quiçá com gengibre…
    Mas, deixe estar, jacaré.Continuarei acompanhando a saga de longe…

    Beijos e bótima semana..

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.




Arquivos

Post aleatório

Refogadinho de Shimeji

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail