Caldinho de Ferro

Precisada de um incremento nutricional, preparei um elixir: liquidifiquei uma concha de feijão azuki já preparado e meia xícara de espinafre branqueado e congelado. A mistura foi aquecida e ganhou a companhia de gotas de tabasco suave (daquele verde), pitada de flor de sal e um fio de azeite.

O líquido, um tanto feioso, de remédio passou a delícia e não sei dizer se o efeito revigorante veio do ferro, do sabor ou dos dois 🙂



6 comentários em “Caldinho de Ferro

  1. Caiano Silvestre

    Outra sugestão, eu, que sou portuga, ribatejano e não vegetariano, é a de comer uma bela de uma morcela de arroz, acompanhada por duas singelas batatitas cozidas e de um molho de grelos de nabo, apenas aferventado, tudo regado com um fio de bom azeite alentejano da Olidal, de Santo Amaro – Sousel, onde deixámos apenas para “amolecer” um pouco dois ou três dentes de alho, fatiados e não picados.

    Pois!

    A morcela de arroz é feita com sangue de porco, logo com ferro já processado! E com um sabor!….

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.




Arquivos

Post aleatório

Couve-flor Gratinada

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail