Sopa de Alface Dadivosa


Estava há dias matutando sobre como usar toda aquela alface que chega com a cesta dos orgânicos. Fui pesquisar na minha mini-biblioteca: nos livros da vó, nos franceses, nos de R$ 1,99, nas revistas, nos recortes e nos cadernos. Achei algumas coisas interessantes, como mousse quente, suflê e refogado. Mas estava com vontade mesmo era de uma sopinha cremosa. Ontem, com o frio que fazia em São Paulo, resolvi botar a Dadivosa pra trabalhar e criar uma receita nova…

A receita rende 500ml, que eu devorei sozinha 😉

Ingredientes:
1 pé de alface
1 batata grande
½ colher de sopa de manteiga
1 xícara de chá de caldo de legumes caseiro aquecido(O industrializado não serve, porque mata todos os outros sabores. Se não tiver, pode usar água mesmo)
1/2 xícara de chá de água
Sal

Para servir (opcional):
1 ovo cozido em fatias
páprica
azeite de oliva
pão sírio integral

Como fazer:

  1. Lave bem a alface e descarte todas as folhas que estiverem machucadas, amareladas, secas ou feias. Seja implacável! Retire o talo das folhas, como se estivesse preparando couve (se não souber como faz, pode perguntar pra mim). Corte as folhas em tiras e reserve.
  2. Descasque e corte a batata em cubos bem miudinhos (para que cozinhem mais rápido).
  3. Leve a manteiga ao fogo baixo numa panela e, quando derreter, adicione as batatas. Coloque uma pitada de sal, assim as batatas começarão a liberar um pouco de água e não vão fritar.
  4. Quando o refogado estiver bem aquecido, adicione o caldo. Se você usar caldo de caixinha ou tablete, a receita vai ficar com gosto de sopa pronta e vai perder a delicadeza. Caso não tenha caldo de legumes ou frango caseiro, pode usar água mesmo.
  5. Deixe a batata em fogo baixo, até amaciar um pouco e engrossar o caldo.
  6. Adicione as folhas de alface e mexa delicadamente até elas murcharem. Tome cuidado para não deixar a alface queimar ao entrar em contato com os lados da panela. Quando a as folhas estiverem bem murchinhas e incorporadas ao caldo, tampe a panela e deixe ferver em fogo baixo por uns 10 minutos.
  7. Bata no liquidificador até virar um creme. Deve levar uns dois minutos para que todos os pedacinhos de alface desapareçam. Experimente e acerte o sal. Resista à tentação de usar pimenta nessa receita. Acredite, eu testei das duas formas e sem pimenta fica bem mais gostoso, dá pra sentir melhor os sabores da manteiga, da batata e da alface (sim, alface tem gosto!).
  8. Sirva com fatias de ovo cozido por cima, uma pitada de páprica e um fio de azeite por cima. Com o pão sírio, faça triângulos, toste rapidinho no forno e sirva à parte.



22 comentários em “Sopa de Alface Dadivosa

  1. Nicole

    Next time I make soup, I will try it with lettuce instead of spinach. I have never heard of it before but after reading your message, I searched for “lettuce soup” in Google and found a million recipes! Thanks for the great idea 🙂

    Responder
  2. Dadivosa

    oi, raul, vc pode colocar na sua sopitcha o que tiver vontade. eu não quis usar porque acho que o alho pode matar o sabor delicado que rola da misturinha de manteiga, alface e batata. digo isso por experiência própria, pois fiz duas vezes: uma com um nadinha de pimenta, outra sem pimenta. e a diferença é brutal!
    mas olha, tem umas receitas de sopa de alface com creme de leite, leite, cebola, alho, bacon… tem de um tudo, rapaz! descobri “todo um mundo” de coisas de alface além da salada hahahah
    ;***

    Responder
  3. Faby

    Ah pára com isso menina!!! Todo mundo sabe que alface não é pra fazer sopa…huahauhauhuahuahua. Todo mundo tb sabe que alface não tem gosto de nada nêga….rs.

    Olha eu descobri que sou uma pessoa estranha e cheia de preconceitos. Então é assim: Alface é pra salada, salada é salada, sopa é sopa….kakakakakakaka.

    Vá lá, okey… diga do fundo do seu coraçãozinho dadivoso: esse trem é bão messss? Eu achei ele lindo de viver mas alface está além das minhas forças.

    Ah que droga. Fiquei com vontade de experimentar…rs.

    Beijuca

    Responder
  4. Dadivosa

    uhauhahuahuhuahuahuahuauhaua
    faby, minha querida, alguns conceitos e preconceitos culinários são importantíssimos na vida de qualquer cozinheira. eu, por exemplo, não como manga. nem em sopa, nem salada, nem sobremesa, nem suco, nem no sushi, nada. odeio. e coentro também. pra mim, essas duas coisas pertencem ao reino das comidas incomíveis.
    agora… eu só comia alface em salada também, até ontem. comé que eu posso te descrever o gosto? bem, é uma misturinha bem suave. é uma sopinha de batata with a twist, saca? beeeem levinha. faz, boba, que é rapidinho. pelo menos, se ficar ruim, vc pode voltar e falar mal ahuhuauhahuhau
    beijusss

    Responder
  5. julio

    eu fiquei meio babando com o aspecto da sopa. confesso tambem que nunca pensei em “sopa de alface” como uma coisa com sustança, mas vai lá… se tu diz que é bom, eu confio.

    Responder
  6. Faby

    Dadi, eu vou fazer, prometo. Comentei “por cima” com o marido e ele fez cara de incrédulo, do tipo “ah, fala sério…sopa de alface?”…kakakakaka…. fala, tem coisa mais legal do que castigar o marido fazendo ele comer sopa de alface??? Sim, pq homem já não é o maior fã de alface, que é dessas folhas que só pertencem ao universo feminino, saca? Imagina se tiver que comer em forma de sopa, forma essa que tb não é preferência da homarada né?

    Huahuahuaa ai ai… eu sou má mas me divirto viu.

    p.s: Nêga o concurso do Rainhas é para o povo das regiões Norte e Centro Oeste. Tu é de Sampa né flor? Ou não? 😉

    Beijuca

    Responder
  7. Dadivosa

    faby,
    aaaaah, entendiiiiiii. nasci em SC, mas estou em sampa, sim. é muito legal que tenha gente de outros estados no rainha!! vai ser um luxo!

    agora essa sopinha de alface está rendendo assunto, né? estou achando ótimo ;***

    Responder
  8. valentina

    Querida Dadivosa, vim pegar esta recetia pois estou com um pe de alface desesperado para ser comido e acho que nao vai rolar uma saladinha pra ele.Farei hoje a noite. Chega a nova sexta hoje entao tenho que desafogar a geladeira.

    Responder
  9. vitoria da rocha

    Essa sopa é muito boa, quem enventou essa sopa tá de parabéns porque é muito gostosa, e nesse tempo é muito bom tomar uma sopinha e ainda.

    Responder
  10. Patrícia

    Querida, fiz esta sopa ontem a noite, uma noite fria e chuvosa aqui em Sorocaba-Sp, e foi um sucesso absoluto, marido e filhas adoraram, segui suas dicas à risca e realmente ficou um sabor muito delicado, só não coloquei a decoração de ovo cozido, troquei por azeite e gotas de creme de leite, fiz torradas de pão integral. Muito obrigada pela receita, agora alface não se perde mais aqui em casa. bjão

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.




Arquivos

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail