Sopa de Cebola

Ontem anunciaram que seria a madrugada mais fria do ano em São Paulo. Noite perfeita para uma sopa quentinha, uma taça de vinho e várias cobertas. Lembrei desta receita francesa, que já tinha feito uma vez, mas que tinha ficado ruim  por falta de paciência da cozinheira.

A origem da Sopa de Cebola não é muito certa. Eu mesma tenho em casa cinco versões bem diferentes: uma Cláudia Cozinha especial da França, aquele livrinho novo que a gente compra domingo com a Folha, a cozinha do Bocuse e a Elizabeth David. Essa última, uma das minhas autoras preferidas, faz pouco caso da sopa, dizendo que ela tem “pão encharcado, fiapos de queijo e cebolas semicozidas”. Nem é de se estranhar, já que ela descreve, sem muita empolgação, uma receita que leva vinagre e gemas para engrossar.

Escolhi, então, testar a receita do Olivier Anquier, que reproduzo aqui com minha interpretação.

Sopa de Cebola

Ingredientes:

50g de manteiga sem sal

6 cebolas grandes (usei 5 brancas e 1 roxa) cortadas em fatias

2 colheres de sopa de farinha de trigo

1 litro de água quente

2 cubinhos ou envelopes de caldo de carne (se puder, use caldo de verdade, que fica bem melhor)

sal, pimenta e noz-moscada a gosto

fatias grossas, cortadas na diagonal, de pão rústico de casca grossa (usei filão italiano)

queijo Gruyère ralado grosso (usei uns 150g para duas pessoas)

Como fazer:

1. Derreta a manteiga em uma panela grande. Quando estiver borbulhando (não deixe queimar), adicionar as cebolas e mexer de vez em quando, em fogo baixo, até dourar. Vai levar uns 30 minutos. Tenha paciência, que vale a pena. Se você aumentar o fogo, a cebola vai ficar queimada e não vai amaciar. Resista à tentação de adicionar sal nessa hora, pois o sal faria a cebola liberar seus líquidos e virar uma papa branca.

2. Quando a cebola estiver dourada, adicione as farinha de trigo e mexa por um minuto, mais ou menos.

3. Adicione o caldo de carne, bem quente, e mexa bem para dissolver a farinha de trigo.

4. Agora você pode corrigir o sal, adicionar noz-moscada e pimenta-do-reino moída na hora.

5. Deixe cozinhar em fogo brando por 20 minutos. Dez minutos antes de ficar pronto, acenda o forno.

6. Toste as fatias de pão no forno e reserve.

7. Despeje a sopa em tigelas refratárias individuais, coloque a fatia de pão por cima, cubra com o queijo e leve ao forno para gratinar. Uma dica: coloque as tigelinhas em uma forma ou tabuleiro, para ficar mais fácil de manusear.

Dadivosa adverte: você vai virar uma cebola ambulante no dia seguinte. Pode tomar banhos, escovar os dentes, tomar o que quiser… a danada da sopa vai praticamente morar em seus poros.



4 comentários em “Sopa de Cebola

  1. Dadivosa

    fer, é comfort food mesmo. fomos dormir com a barriga quentinha 😉
    eliana, e eu estou fazendo uma listinha com as suas também… a lista não pára de crescer!
    beijos

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.




Arquivos

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail